• Por que os brasileiros ainda não descobriram a próstata?

    por  • 18 de novembro de 2015 • Alizee4men.com.br, Dicas da Alizée • 0 Comentarios

    Num país onde é preciso fazer extensas campanhas para estimular o exame de toque para prevenir o câncer de próstata, não é de se impressionar que se tenha um conhecimento muito pequeno sobre essa glândula.

    A próstata é responsável pela produção do fluído seminal, que junto com os espermatozoides provenientes dos testículos, compõe o sêmen. Um pouco maior que uma noz, a próstata envolve a uretra, ficando logo abaixo da bexiga. Por causa de sua posição, ela pode ser sentida através do toque retal.

    A parte sexualmente interessante da próstata é que estimular essa glândula pode ser incrivelmente prazeroso para os homens. Ela é equiparada ao ponto G feminino, causando orgasmos muito intensos e mais longos.

    O que causa muito medo nos homens é o fato de que para estimular a próstata, é necessário inserir dedos na região anal (prática conhecida popularmente como fio terra). Uma alternativa são os brinquedos desenhados especificamente para atingir esse ponto.

    O brasileiro, que nasce numa cultura machista que acredita que o prazer anal masculino está diretamente ligado à homossexualidade, acaba ficando muito apreensivo na hora de descobrir certas partes de seu corpo. Mas o prazer na região anal e na próstata é totalmente comum e natural; não indica que o homem é gay. Além disso, ser gay não deveria significar algo ruim ou ser encarado como uma ofensa.

    Entre os melhores brinquedos para estimular a próstata estão os da RocksOff e da Odeco, abaixo. Eles tem um formato e ângulo apropriados para alcançar a próstata e possuem vibração, que aumenta a estimulação e a sensação de prazer.

    http://www.alizee.com.br/estimulador_prostata_bad_boy_preto?search=bad%20boy

    http://www.alizee.com.br/estimulador_prostata_bad_boy_preto?search=bad%20boy

    http://www.alizee.com.br/Vibrador_anal_prostata?search=odeco

    http://www.alizee.com.br/Vibrador_anal_prostata?search=odeco

    Sobre

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *